quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Agora eu sei que Deus é meu Pai, diz mulher após levar oito tiros



Agora eu sei que Deus é meu Pai, diz mulher após levar oito tiros


Após ser alvejada por oito tiros, colombiana testemunha o milagre de Deus, e diz hoje eu sei  que Deus é meu Pai!
Sofia* fazia uma visita aos vizinhos quando ouviu um bombardeio de tiros vindo de sua casa, na área de Arauca, cidade devastada pelo conflito entre a guerrilha e o exército colombiano. Ela correu para casa e viu que familiares e outras pessoas já haviam adentrado no ambiente onde seus pais estavam sangrando. Sua mãe estava quase sem respirar, seu pai disse que não conseguia sentir suas mãos.
José Rodriguez e sua esposa, Emilse Maria del Carmen, foram ordenados como pastores da Assembleia de Deus. Ele ministrava em uma comunidade indígena no Rio Arauca, fronteira com a Venezuela, e ela levava jovens à congregação La Esmeralda, onde seu marido também pregava.
O corpo dele levou seis tiros; o dela, oito. O casal não havia recebido ameaças, porém, tanto José, quanto Emilse tinham laços anteriores com a guerrilha. Grupos armados ilegais que há muito tempo governam Arauca adotam a prática de matar quem deixa a guerrilha. Uma vez no comando de recrutamento, José partilhou da ideologia política da guerrilha. Ele havia deixado o ELN (Exército de Libertação Nacional) oito anos antes de sua morte. Emilse desertou (também do ELN) cinco anos antes.
Guerrilheiros que se tornam cristãos também enfrentam a “justiça” rebelde. Os avós de Sofia acreditam que o simples fato de serem líderes da igreja os fez alvos de hostilidade por parte da guerrilha.
Quando os pastores foram levados às pressas para o hospital, membros da igreja chegaram para orar para que a vida deles fosse poupada. Sofia nunca orou tanto. Mas, uma hora depois, veio a notícia horrível: seus pais estavam mortos.
Para Sofia, o assassinato daqueles que ela mais amava, ocorridos em abril de 2009, parecia uma traição divina. “Meus pais foram treinados para se tornarem pastores. Eles sempre me ajudaram com meu trabalho da escola, deram-me orientação divina e sempre me trataram bem”, disse ela. “Deus não deveria ouvir nossas orações? Por que Ele não respondeu nossas preces?”
Esse desespero é muito comum entre as crianças da Igreja Perseguida e pessoas que correm risco de recrutamento por grupos armados ilegais na Colômbia. Estas crianças são vulneráveis a uma série de grupos que tentam seduzi-las ao lhes entregar armas. Esses grupos defendem a ideologia comunista; ou são direitistas extremos, opostos aos grupos de esquerda e grupos criminais envolvidos no tráfico de drogas; promovem a prostituição infantil, a extorsão e a guerra; tem por objetivo derrubar o governo da Colômbia.
Depois do assassinato de sua mãe e seu pai, Sofia e seus irmãos, Ambar Gricet, de 2 anos, e Juan Jose, de 2 meses, foram morar com os avós paternos. Quatro meses depois, Sofia passou a viver no abrigo infantil mantido pela Portas Abertas, um refúgio que oferece proteção, habitação e educação para crianças de famílias cristãs perseguidas na Colômbia.
Portas Abertas apoia crianças da Igreja Perseguida
“Nos meus primeiros dias no abrigo, senti muita dor e um grande vazio no meu coração”, disse Sofia. “Mas aqui, eu me senti livre.”
O Senhor moveu-se na vida de Sofia através do abrigo de crianças. Enquanto Sofia se perguntava por que Deus permitira que a vida dos seus pais terminasse de forma tão trágica, ela veio a entender que, apesar de todo mal ao seu redor, Deus tinha um propósito para sua vida. “Esse propósito é que eu possa compartilhar com outras pessoas sobre o amor de Deus em meio às circunstâncias difíceis”, disse ela.
“Essa experiência me ensinou a ter mais confiança em Deus. Agora eu entendo que muitas coisas podem acontecer em minha vida, mas que o Senhor estará sempre comigo. Ele é o meu pai. Estou muito feliz em dizer que eu acredito nele!”
Ela perdoou os dois homens que mataram seus pais. Hoje, ela é uma líder entre as 24 meninas que vivem no abrigo. A liderança a confiou como assistente da conselheira das meninas, atuando como representante residente e monitora de quarto. Através de um programa de treinamento em evangelismo da Portas Abertas, Sofia também compartilhou o evangelho em uma comunidade perto do centro.
“Eu gosto de dizer aos outros que, para aqueles que amam a Deus, todas as coisas cooperam para o bem”, disse Sofia. “Eu tento fazer as pessoas entenderem que não precisamos nos afastar do Senhor por conta das situações ruins”, comenta ela.
Sofia reconhece que seu tempo no abrigo infantil tem sido de vital importância para que ela possa atingir a maturidade espiritual que almeja. Ela está consciente de que o seu testemunho é um exemplo para as outras crianças que vivem em situações semelhantes de dor, tristeza e sofrimento. Desde o assassinato de seus pais, ela aprendeu a valorizar as pessoas ainda mais. “Eu entendo o quão importante é mostrar aos outros que nós amamos a Deus”, disse ela.
Sofia, agora com 15 anos, vai se formar em 2014. Ela diz que, acima de tudo, quer servir ao Senhor e irradiar a alegria de Deus em sua vida. Ela aspira ser uma profissional que afeta os que estiverem ao seu redor. Durante seus anos no abrigo infantil, ela descobriu seu talento como educadora. Hoje, está interessada em se tornar professora.
Durante as férias, enquanto aproveita seu tempo em casa, desfrutando da convivência com seus avós e irmãos mais novos, ela chegou a considerar as colegas do abrigo como parte da sua família também. “Eu sei que neste lugar nós formamos uma grande família”, afirma. “Eu não sei como Deus me deu força para superar tudo isso, mas hoje eu sei que ele é meu pai.”
*O nome foi alterado por questões de segurança.

Com informações Portas Abertas

http://www.amigodecristo.com/2013/08/agora-eu-sei-que-deus-e-meu-pai-diz-mulher-apos-levar-oito-tiros.html

Membros da Igreja Unificação ateiam fogo ao próprio corpo

 Membros da Igreja Unificação ateiam fogo ao próprio corpo na Coreia do Sul

   Três membros de nacionalidade japonesa, da Igreja da Unificação, também conhecida como seita Moon, atearam fogo em 

seus próprios corpos na Coreia do Sul nesta quinta-feira, dias antes do primeiro aniversário da morte de seu controverso

 fundador, Sun Myung Moon, segundo a agência de notícias Yonhap.

 Duas mulheres e um homem atearam fogo em si mesmos nos centros da Igreja da Unificação em Gapyeong, a leste de Seul, informou a agência.

Os três sofreram queimaduras graves e dois deles estão em estado crítico, acrescentou.

Os ato-fragelamento ocorreram um dia antes do primeiro aniversário da morte do reverendo Moon Sun Myung, fundador da Igreja da Unificação. A data é de acordo com o antigo calendário lunar, que conta-se 12 meses e 29 ou 30 dias – o mês exato do aniversário da morte de Moon é em setembro.

A Yonhap informou que a identidade exata dos cidadãos japoneses ainda não havia sido confirmada, mas disse que polícia local divulgou tratar-se de um homem e duas mulheres, sendo que uma delas foi identificada apenas como tendo 53 anos.

A agência também citou que a polícia divulgou somente o estado de saúde de dois japoneses, que se encontram hospitalizados e em estado crítico, mas não informou sobre a situação do terceiro cidadão japonês.

Moon morreu aos 92 anos no dia 3 de setembro.

A Igreja da Unificação nasceu das ruínas da Guerra da Coreia (1950-1953) e foi exportada com sucesso a vários países, incluindo Estados Unidos.

Informações: AFP / Agência de notícias sul-coreana Yonhap

Ana Paula Valadão "Pop Star da fé"

Cantor Gospel André Valadão manda pastor ‘fechar a boca’

Cantor Gospel André Valadão manda pastor 'fechar a boca' e causa polêmica no Twitter
Cantor Gospel André Valadão manda pastor ‘fechar a boca’ e causa polêmica no Twitter

 





O cantor gospel e pastor André Valadão, foi alvo de críticas após discutir 
com outro pastor no Twitter, a confusão, foi logo depois que o cantor da
 igreja da Batista da Lagoinha postar comentários elogiando a postura do
 Papa em sua passagem pelo Brasil.
Entenda o caso, o pastor Oswaldo Junior criticou o cantor por suposto ecumenismo, aparentemente referindo-se a elogios do cantor ao papa. “@andrevaladao sua declaração como líder foi ecumênica e repudiamos o ecumenismo Elias disse ou um ou outro!! Se tem medo de postar se cale!!
De forma contundente André Valadão replicou: “@proswaldojunior pela sua foto amado, vejo que quem tem que fechar a boca é você. Vá jejuar…”
O comentário do cantor gospel atraiu críticas dos seguidores que acreditam que ele faltou com respeito ao pastor Oswaldo.
“Pr. @andrevaladao, sou admirador do seu trabalho, mas não gostei das suas palavras ao @proswaldojunior precisamos nos respeitar”, disse um usuário da rede.
Outro seguidor escreveu: “Depois da Ana Paula Valadão , o irmão dela assume a postura de discriminar mais uma vez”.

As declarações foram fortes para o pastor Oswaldo que repetidamente expressou sua tristeza em suas postagens.
“Me discriminou pelo fato de ser gordo estou muito triste com André Valadao”, escreveu de volta resignado o pastor Oswaldo.
“Estou sofrendo muito por esta declaração ,sempre sofro por ser gordo e ser vitima de bouling machucou demais !!”
A briga veio depois que André Valadão postou elogios ao papa, em sua visita ao Brasil, durante o evento católico Jornada Mundial da Juventude, que reuniu milhares de jovens.
“Vinda do papa ao #Brasil me alegrou. Ver milhões d jovens nas ruas! Somos um país cristão. Existem diferenças mas o amor de Cristo é maior! A postura do Papa Francisco foi linda. Deus tenha misericórdia do nosso #Brasil, abençoe nossa nação. Jesus é o Senhor do #Brasil!” postou ele.
Depois disso, o cantor André Valadão postou: “Sou totalmente contra a cegueira da idolatria e delegação de santíssima pessoa sobre qualquer ser humano. Por isso repito: #Brasil é d Jesus”.
Seguidores sugeriram que o pastor Oswaldo processasse o cantor gospel. Entretanto, nenhuma atitude foi aparentemente tomada. Enquanto isso, André Valadão seguiu normalmente postando seus comentários no Twitter, sem mencionar o acontecimento.
Informações: The Christian Post

Deficiente visual vai morar com pastor e cai em golpe

Deficiente visual vai morar com pastor e cai em golpe de 3,8 mil
Deficiente visual vai morar com pastor e cai em golpe de 3,8 mil

 













O deficiente visual Hélio Gonçalves, 52 anos, se enganou ao acreditar que poderia contar com a ajuda de um pastor para enfrentar o fim do seu casamento.


Assim que mudou para a casa dele, o pastor o convenceu a trocar a senha do seu cartão, já que a ex-mulher também tinha acesso. Porém, o homem decorou a numeração e pôs outro cartão na carteira da vítima, para enganar Hélio.  O resultado foi prejuízo de R$ 3,8 mil em dois dias. 
Segundo a Polícia, Hélio tinha o costume de deixar o cartão no mesmo lugar na carteira e “esfregar as mãos” para checar o documento. Sabendo do fato, o pastor Eron Ramos de Mendonça, da Igreja Assembléia de Deus das Missões, em Campo Grande, colocou outro cartão naquele lugar.
“Ele compareceu nos supermercados, restaurantes, onde levou vários fiéis para almoçar e ainda chegou em casa com um chocolate para Hélio, o agradando e dizendo que comprou porque sabia que ele gostava”, afirma o delegado Wellington de Oliveira, responsável pelas investigações.
O extrato bancário que a Polícia teve acesso revelou, em 48 horas, todo o gasto. O dinheiro da vítima também foi investido em lojas que vendem jóias e acessórios de luxo, como a Inovathi e também em renomados centros de estética da cidade, postos de gasolina e panificadoras.
A primeira pessoa a constatar o fato foi a ex-mulher de Hélio, D. Maria Cristina Siqueira, 57 anos. Ela verificou via online a conta, principalmente porque sabia o valor que ambos possuíam, por conta da venda de um imóvel recente.
“A ex-mulher dele entrou em contato com ele, questionando o porquê dele ter gasto tanto dinheiro, quando Hélio falou que não tinha gasto nada. Depois da descoberta do crime, o pastor simplesmente falou que devolveria quando pudesse”, diz o delegado Oliveira.
O pastor Eron Ramos será indiciado por furto mediante fraude, por ter se aproveitado da deficiência da vítima e ter colocado outro cartão no lugar, na intenção de não levantar suspeitas. A pena para o crime é de dois a oito anos de reclusão.
As informações são do *Campo Grande News

  • Satanistas fazem protesto sobre túmulo de evangélica...
  • Marcos Feliciano critica reunião das cantoras 
  • Mara Maravilha defende Dilma Rousseff e manda recado...
  • Bispa Sônia Hernandes fala sobre o encontro  
  • Silas Malafaia no programa Na Moral
  • Ex-mendigo grava CD e vídeo clipe
  • Sarah Sheeva lançará uma grife para mulheres 
  •  Pastor pede respeito aos evangélicos “Não somos 
  • Presidente Dilma recebe cantoras evangélicas 
  • Modelo americana Kylie Bisutti abandona Victoria S...
  • Lançada a Bíblia Gay "Rainha James"

  • quarta-feira, 21 de agosto de 2013

    Evangelistas alertam que o “avivamento final” está próximo

     Evangelistas alertam que o “avivamento final” está próximo
    O famoso evangelista Billy Graham está perto de completar 95 anos e ele diz que está orando para ver os Estados Unidos experimentar um “grande despertar espiritual” antes que ele morra.
    O evangelista alemão Reinhard Bonnke, que ficou famoso pelas suas cruzadas que reuniram milhões na África anunciou que Deus lhe disse para fazer “uma poderosa onda de salvação varrer os EUA.”
    O pasto Greg Laurie, presidente do movimento “Cruzadas da Colheita” é famoso por ter participado do um avivamento entre os hippies na década de 1960. Desde então ele se dedica a evangelizar o maior número de pessoas possível. Laurie acredita que está na hora de ver seu país experimentando um avivamento sem precedentes.
    Nesse momento em que muitos acreditam que o relógio profético de Deus está se aproximando rapidamente da hora final, vários líderes influentes estão falando sobre o que seria o “último avivamento”. Ele começaria nos EUA e se espalharia rapidamente por outros países do mundo. Entre os que defendem isso estão: Billy Graham, Franklin Graham, Reinhard Bonnke, Greg Laurie, Chuck Smith, Banning Liebscher e outros menos conhecidos. Será esse a última oportunidade de mudanças antes do fim dos tempos?
    É difícil saber, mas sem dúvida vários sinais profetizados por Jesus estão acontecendo. Aos 94 anos de idade, Billy Graham, disse acreditar que isso pode acontecer antes que ele morra. Por isso está lançando com seu filho Franklin mais uma cruzada “Minha Esperança”, que vai ocorrer dia 7 de novembro, data em que ele completa 95 anos.
    Ele é reconhecido como o evangelista que pregou para mais pessoas na história. Suas cruzadas alcançaram um número aproximado de 2,2 bilhões de pessoas em todo o mundo. Em uma carta divulgada por seu ministério, ele disse que nunca esperou ver o mundo onde “indulgência egoísta, orgulho e falta de vergonha sobre o pecado tenham se tornado emblemas do chamado ‘estilo de vida’ “.
    Graham compara os EUA à antiga cidade de Nínive, a única superpotência do seu tempo. “Quando o profeta Jonas chegou a Nínive e proclamou a advertência de Deus, o povo se arrependeu e escapou de um julgamento terrível, esta é única opção que nos resta”, escreveu.
    “Eu acho que é uma descrição apropriada”, disse Laurie. ”Em muitos aspectos a situação é a mesma. A maldade de Nínive era tão grande que Deus disse que ela chegou até o céu… eu acredito que o mundo está chegando a tal estado”.
    Parte desse movimento começou em fevereiro, quando Bonnke declarou a 5.000 pessoas presentes no Gospel Fest, na Flórida, que sentia que a hora do avivamento estava chegando. O pregador alemão durante décadas fez gigantescas campanhas evangelísticas no continente africano. Recentemente, afirmou que Deus lhe disse no ano passado que era hora de “lançar a rede do Evangelho no restante do mundo”.
    Ele explica que embora se diga que o ateísmo está triunfando na Europa. Quando pregou recentemente na Alemanha, ficou surpreso.
    “Eu preguei em um estádio e quando fiz o apelo, o poder de Deus foi manifesto de maneira tão maravilhosa que eu vi com meus próprios olhos pessoas pulando sobre os bancos para vir até a frente. Parecia que eles não podiam esperar para fazer a oração de salvação rápido o suficiente. Então eu percebi uma coisa: a Alemanha não rejeitou o Evangelho. Acho que a nova geração na verdade realmente nunca ouviu o Evangelho”. 
    Com informações WND.

    A idolatria invade as Igrejas Evangélicas

    A idolatria é o pecado mais mencionado na Bíblia. A decisão de pessoas se prostrarem diante de imagens, objetos e até de outras pessoas recebe mais condenação nas Escrituras que qualquer outra violação das leis divinas.
    Mesmo assim, os evangélicos não estão livres da idolatria. Pelo contrário, segundo alguns pastores, esse é um dos problemas espirituais menos reconhecidos pelos crentes de hoje.
    Algumas imagens que foram divulgadas e comentadas recentemente nas redes sociais dão uma noção de como a idolatria está presente nas igrejas que historicamente sempre condenaram os católicos por se prostrarem diante de imagens.
    O pastor Adenilton Turquete publicou um texto   onde faz uma grave acusação contra as igrejas evangélicas, que “se renderam a idolatria e promove a idolatria, além de ter gerado milhares de igrejolas que infestam de heresias a nação brasileira. É critico, mas verdadeiro. Nos transformamos naquilo que mais combatíamos.
    A idolatria tomou conta das igrejas evangélicas no Brasil. A conclusão é óbvia, as falsas profecias e a corrupção sacerdotal visma atender os anseios do publico.  As igrejas estão a serviço da satisfação de seus clientes, gerando falsa esperança, entretenimento e manipulando a Palavra por meio da ilusão de uma falsa espiritualidade… muitos dos tais profetas  e sacerdotes estão tomando a glória devida à Deus para si. Eles transformam a si próprios em ídolos, e são adorados como tal ”.
    thalleco
    Turquete cita como exemplo o boneco do cantor Thalles,  a imagem de um homem se prostrando diante do patriarca René Terra Nova e a “mão de Cristo” que foi usada em um retiro recente da Igreja Renascer.
    mao
    Sobre essa última, os comentários no Facebook dão uma noção do quanto a questão incomoda: “O q é isso?? O bezerro de ouro do antigo testamento?? Estão virando idólatras agora?? Meu Deus!!”, escreveu uma usuária.
    “Eu não acredito no que estou vendo! Meu Deus do céu, que é isso, misericórdia, é o fim de tudo mesmo, nem quando era católica vi tamanha loucura, e usam os mesmos argumentos usados para justificar as imagens católicas, eu estou pasma, isso é apostasia!”, asseverou outra pessoa.
    A questão não é vista dessa forma apenas por aqui. O pastor e autor norte-americano Kyle Idleman lançou recentemente o livro, “Gods at War: Defeating the Idols That Battle for Your Heart” [Guerra dos Deuses: vencendo os ídolos que lutam pelo seu coração] onde examina a questão a fundo.  Ele é pastor da megaigreja  Southeast Christian Church, em Louisville.
    “Idolatria parece algo tão primitivo. Tão irrelevante… mas é o problema número um abordado na Bíblia, e por isso devemos ter cuidado. Ídolo é tudo aquilo que toma o lugar de Deus, que se torna um fim em si mesmo, que ocupa o trono de seu coração… O coração é o campo de batalha dos deuses, pois tudo flui a partir dele”, escreveu.
    Mesmo quando são objetos que remetem a Deus ou à fé podem gerar idolatria por sua capacidade de tirar o foco de Jesus, de onde emana todo o poder.
    “Os ídolos tornaram-se mais difíceis de detectar nestes tempos modernos, por que não são mais como uma estátua de ouro ou de animais esculpidos, como os mencionados no Antigo Testamento. Estão presentes em todas as áreas da vida, existem ídolos como comida, sexo, diversão, sucesso, dinheiro, realização/carreira, família. Podem ser algum líder religioso ou artista gospel. Em especial quando o que eles falam contraria o que as Escrituras ensinam.”
    Idleman explica que esse tipos de ídolos são os mais difíceis de detectar, por seu caráter subjetivo.
    Qual seria a melhor maneira de impedir que isso aconteça? O pastor Turquete é categórico: “basta cada um fazer o exame da sua consciência e se voltar verdadeiramente para Deus e abandonar a idolatria e seus ídolos. Voltemos a viver o Evangelho. Porque dEle, por Ele e para Ele foram feitas todas as coisas…”.

    http://noticias.gospelprime.com.br/idolatria-gospel/



    “Um segundo pode acabar com a nossa vida”:diz jovem cristã

    Centenas de milhares de cristãos ainda estão vivendo em uma Síria devastada pela guerra. Alguns querem deixar o país, mas não podem por causa da família ou por falta de dinheiro. Outros ficam por escolha, porque acreditam que deveriam estar lá, bem no meio desta crise, para servir a Deus. Eles são super heróis? Eles são sempre fortes? Claro que não, cristãos sírios são pessoas como você e os membros de sua igreja. Nadia* é a prova disso.

    Com lágrimas nos olhos e emoção em sua voz, Nadia diz: “Sabe, não há esperança, onde está Deus nisso tudo? Eu quero ir embora, mas não posso. Eu tenho de ficar por causa dos meus pais; eles dizem que não podem deixar o país. Nós vivemos em um bairro relativamente seguro, mas eu tenho medo. Eu não sei o que acontecerá amanhã. Em um segundo nossa vida pode acabar. Constantemente ouvimos tiros e bombardeios. É comum ver pessoas mortas na rua e passar por elas, como se nada tivesse acontecido. Um amigo meu foi, recentemente, baleado por nada”.

    Nadia é professora e congrega em uma igreja na velha cidade de Damasco. Ela participou do treinamento para jovens líderes da Síria, organizado pela Portas Abertas em parceria com a Mocidade para Cristo.

    Ela conta que, certa vez, esteve envolvida em uma discussão durante o almoço. Dois outros jovens trabalhadores da mesma cidade dizem que eles certamente ficarão na Síria. “Nós amamos a Síria, como cristãos devemos reconstruir o nosso país. Há esperança! Nós, como cristãos, devemos mostrar que há esperança para o futuro da Síria” Nadia respondeu a eles: “Não, eu não tenho esperança e nem tenho escolha, eu tenho de ficar por minha família. Eu estou com muito medo de perdê-los por causa de tudo o que está acontecendo. Acho que tenho o direito de ter medo”.

    Um colaborador da Portas Abertas conversou com ela procurando incentivá-la dizendo que pessoas de diferentes nações estão orando pela Síria. Ele relatou sobre os cristãos de muitas igrejas ao redor do mundo que têm se mobilizado para apoiar o trabalho de socorro aos cristãos sírios. “Sim, é bom saber que as pessoas estão envolvidas conosco”, ela respondeu: “que eles não se esqueçam de nós. Precisamos de pessoas que queiram investir em nosso futuro”.

    *Nadia é um pseudônimo. Por razões de segurança, seu nome verdadeiro não pode ser divulgado.

    Você pode investir no futuro da Igreja síria
    Ao assinar a petição de apoio à permanência da Igreja na Síria e/ou contribuindo com os projetos de ajuda da Portas Abertas aos cristãos sírios, você incentiva pessoas como Nádia a terem esperança no Senhor e na vontade dele para a Síria. 

    Fonte: Portas Abertas Internacional



    Vídeo cristão é censurado pelo Facebook e Youtube


    Produtor comemora a força dos cristãos nas redes sociais
    O ator e produtor Kirk Cameron ficou famoso na TV e depois de convertido estrelou os filmes da série “Deixados para trás”. Ele já enfrentou polêmicas no passado ao se manifestar contra o casamento gay.
    Agora ele está promovendo seu novo filme, Unstoppable [Irrefreável] onde explora sua trajetória na fé cristã. O longa foi feito em parceria com a Liberty University e deve estrear nos cinemas norte-americanos dia 24 de setembro.
    Porém, ao tentar divulgá-lo no Facebook percebeu que a rede social bloqueou todas as mensagens que promoviam o filme. Logo em seguida foi o YouTube quem declaradamente censurou o filme, bloqueando os acessos ao trailer.
    Aparentemente a rede de vídeos recebeu queixas de usuários que denunciaram o material como “spam”, “abusivo” e “enganoso”.
    Chateado com o aparente boicote da mídia social, Cameron pediu que os cristãos o ajudassem a convencer o Facebook e o Youtube que o filme era verdadeiro e não apesentava uma mensagem de ódio. Depois de pedir ajuda na sexta passada em sua página no Facebook, o ator e produtor comemorou nesta segunda o desbloqueio.
    “Este é o meu filme mais pessoal sobre fé, esperança e amor, e sobre por que Deus permite que coisas ruins acontecem a pessoas boas. O que há de  ’abusivo’ ou ‘enganoso’ nisso?”  Escreveu ele na rede. Foram mais de 226.000 pedidos de cristãos pedindo o desbloqueio ao Facebook.
    O Facebook emitiu nota dizendo que usa um sistema automatizado que rastreia as denúncias feitas pelos usuários. Aparentemente, existiu uma tentativa de um grupo de pessoas em denunciar a página, o que forçou a rede a bloqueá-la. Haveria ainda um problema com o uso do site Unstoppable.com, que foi usado para divulgar spam antes de ser comprado pelo ator, afirmou uma nota oficial.
    “Vitória! Amigos, você fizeram isso! As pessoas tentaram parar Unstoppable no Facebook, mas milhões de nós unidos em uma só voz, fizemos o Facebook pedir desculpas e voltar atrás”, escreveu ele nesta segunda.
    Para Cameron, o mundo pode ver que “as comunidades de fé, esperança e amor são… irrefreáveis”. A mensagem foi compartilhada mais de 14 mil vezes, curtida por mais de 25.500 pessoas e recebeu mais de 1.600 comentários nas primeiras 24 horas.
    Algo similar aconteceu com o Youtube, que acabou liberando o trailer. Embora o ator não tenha identificado quem seriam esses “inimigos da fé”, pediu que seus seguidores nas redes sociais continuem ajudando a divulgar o material. O imbróglio acabou chamando atenção da mídia e acabou servindo para ajudar na promoção do filme.
    Assista o trailer:
    Com informações de CBN e Charisma News.

    Pastor perde toda família em acidente de trânsito


    Pastor perde a família em acidente no sábado, mas prega em igreja no domingoPastor perde a família em acidente no sábado, mas prega no domingo





    A esposa de um pastor da Nigéria (Hellen) e os três filhos do casal (Salvador, Ensigne e Pureza), estavam entre as oito vítimas de um grave acidente que comoveu a Nigéria.
    A família do pastor Abraham Samuel da Igreja Átrio do Oleiro, estava com os outros passageiros de um ônibus que ia da capital Lagos para a cidade de Minna. A colisão com um carro ocorreu por volta das 20:00 de sábado, de acordo com o jornal Vanguard.
    Testemunhas disseram que o ônibus pegou fogo logo após o acidente, dificultando muito o resgate. Naquele momento, 18 passageiros estavam no ônibus. Incluindo os ocupantes do carro, o total foi de oito mortos.
    Em uma grande demonstração de fé, o pastor pregou normalmente durante culto de sua igreja no dia seguinte. Do púlpito, Samuel disse apenas “Minha esposa e as crianças estão descansando no Senhor”. Membros da igreja choravam e lamentavam, mas o pastor manteve a calma e afirmou que a perda prematura não abalou a sua fé.
    O testemunho dele foi noticia em vários jornais da Nigéria. 
    Com informações Christian Post.